23 novembro 2009

Chiado Samurais


Perseguiram-se por milénios até se encontrarem em frente à estátua do poeta.
Os olhares cruzaram-se com a intensidade de tsunamis à medida que se desembainharam katanas...


O trovão da contenda ecoou por sete colinas, impelido pela raiva de várias gerações em guerra.



A justiça assumiu tons de escarlate a escorrer entre as pedras da calçada.
O vencedor murmurou uma prece enquanto o vencido partiu com honra para o templo etéreo dos ancestrais.

p.s- fotos tiradas no Chiado no Domingo, 22 de Novembro

3 comentários:

Ana Branco disse...

Huummm, tens um post de dia 23 Novembro com fotos tiradas dia 22 de ......Dezembro?!!!

ND disse...

Ya...a minha máquina do tempo é um show ;)
Obrigado pela dica...

CINE31 disse...

senti falta de uns jorros de sangue nas fotos!